• Mauricio

Negócios para começar com menos de R$ 300,00

Veja 4 negócios para iniciar já e por menos de 300 reais.


A pandemia nos impôs grandes desafios, mas estes sempre vem acompanhados de oportunidades. Se você ficou sem trabalho ou teve sua renda afetada significativamente, talvez seja um excelente momento de empreender.  


Trabalhar por conta própria lhe permite uma renda maior do que o trabalho formal, mas requer, além de um investimento inicial algumas características como:

  • Proatividade - você é o seu chefe, precisa fazer acontecer. O acomodado não ganha dinheiro, não cresce;


  • Boa Comunicação - ter uma boa comunicação é essencial para quem deseja empreender. Você vai lidar com dúvidas, sugestões e reclamações de clientes e talvez até fornecedores, dependendo do que for fazer;


  • Persistência - quem trabalha por conta própria não pode desistir fácil de seus objetivos e deve estar sempre com a mente aberta para reconhecer seus erros e tomar providências para corrigi-los, para o bem de seu próprio negócio;


  • Autodisciplina - você será o único responsável por fazer a gestão do tempo e determinar seu horário de trabalho. Por isso é necessária muita disciplina, para fazer o seu negócio dar certo e o dinheiro aparecer. 


Você se enquadra nas características acima e ficou animado em trabalhar por conta própria?

Veja 4 dicas de negócios para começar com até R$300,00 (trezentos reais):

1 - Recreação Online Educativa

O novo normal trouxe um desafio para muitos pais, ter que trabalhar em casa com filhos pequenos, e isso não é tarefa fácil.  Uma ótima sugestão de negócio é a recreação online, organize tarefas educativas de acordo com a faixa etária, e organize pequenas turmas. Uma ideia é, um dia antes enviar os materiais que serão utilizados na “aula”, e preocupe-se sempre em pensar em materiais fáceis e baratos de ter em casa. 


E claro, nunca esqueça que um dos fatores importantes para este negócio funcionar é sua criatividade em fazer ações com os pequenos que além de prender suas atenções, estes possam fazer sozinhos, sem nenhuma supervisão ou ajuda de um adulto. Se for o caso de precisar de recortes, envie a solicitação de que o recorte seja feito por um adulto, junto com a lista de materiais a serem usados na “aula”; Assim, os pais poderão ter suas horas de tranquilidade, sabendo que os pequenos estão entretidos com algo educativo e sem perigo algum.


Uma sugestão é precificar por período e vender pacotes a ser usados no mês. Outra dica é que se ofereça pelo menos uma ”aula” gratuita. 

O investimento aqui é: seu tempo, internet de qualidade, a câmera para interação, inicialmente, pode ser a de seu próprio celular;

2- Kit mini-festa em casa

As comemorações continuam com este novo normal, porém com menos pessoas. Isso traz uma oportunidade para quem tem mão boa na cozinha, bom gosto e capricho nos detalhes. Criar kits festas para 1, 2, até no  máximo 6 pessoas, pode ser um sucesso. Pode ser um pequeno bolo, mas gostoso e bonito, alguns salgadinhos ou uma pequena torta salgada para acompanhar. Bem, aqui o que faz a diferença é a sua criatividade. Os kits podem variar de preço, não só pelo número de pessoas, mas também do que vai conter nele. Ele pode ser desde o básico, só contendo as guloseimas, até os mais completos, acompanhados de decoração personalizada.


O investimento aqui pode ser gradual. Você começa utilizando as ferramentas que tem em casa, e o gasto inicial será com seu tempo, ingredientes e embalagens. Para começar a divulgar pode criar uma fanpage nas redes sociais.

3- Quentinhas diferenciadas

Parece óbvio, mas o diferencial aqui é escolher um seguimento e ser bom nele. Não entendeu? Te explico, por exemplo: escolha um público, vegano, ou pessoas que não consomem glúten, ou diabéticos. E faça cardápios para atender a estas pessoas.  


Com a pandemia, ficou mais difícil para quem está trabalhando em casa se alimentar bem, tendo restrições alimentares. Parar para preparar as refeições requer tempo, por isso se você oferecer uma comida saborosa e de qualidade, não faltarão clientes. O investimento aqui também é gradual, inicialmente será a compra dos alimentos e embalagens. Comece criando um cardápio simples e com o tempo vá incrementando, podendo até oferecer sobremesas e bebidas. Crie uma fanpage para começar a divulgar.

4- Revenda de Software

Aqui é necessário um conhecimento básico de informática. O investimento vai depender de cada software. Para quem procura meios de empreender rapidamente e sem complicação, investir em revenda de sistemas é uma boa forma de iniciar um negócio com segurança. Seu risco é minimizado por praticamente não necessitar de investimentos. O ideal é sempre apostar em opções sólidas, de reconhecida qualidade e boa aceitação entre o público. Veja as margens e se for um modelo de assinatura mensal, é ainda melhor. 


O Sistema Aivis, tem um ótimo programa de parceria, com rentabilidade mensal e alto índice de retenção. O treinamento é gratuito e para se tornar um parceiro do Sistema Aivis, é necessário um conhecimento básico de informática e ser MEI (baixe o E-book). Já são centenas de parceiros em todo o Brasil! Ficou interessado? Clique aqui e saiba mais.

240 visualizações